fbpx

Seja bem-vindo

O novo site Santos&Santana 2017 está no ar.

Artigos e Publicações

A não obrigatoriedade de troca de produtos antes do prazo do art. 18 do CDC

Apesar de a Lei Consumerista Brasileira se propor à defesa do consumidor, ela também oferece garantias aos fornecedores. Este foi o entendimento que o Superior Tribunal de Justiça firmou recentemente ao afirmar que inexiste a obrigação de trocar o produto antes de esgotado o prazo de 30 dias previsto no art. 18 do CDC.

Trata-se de decisão proferida em Recurso Especial interposto em Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro contra uma rede varejista de comércio. Nos autos, o Ministério Público se insurgiu contra a prática da rede de aceitar a troca do produto apenas até três dias após a compra. Findo esse prazo, a troca do produto ficaria condicionada à tentativa de reparo do vício pela assistência técnica.

O Superior Tribunal de Justiça, reformando o acórdão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, entendeu que, após a compra, há a obrigação de sanar o vício no prazo de trinta dias, cabendo ao fornecedor escolher entre a troca ou a solução via Assistência Técnica. Apenas esgotado esse prazo o consumidor poderia exigir a troca do produto, desfazimento do negócio ou abatimento do preço.

Deve ser destacado que o STJ, fazendo referência a julgamento anterior, reiterou o entendimento de que o lojista não deve ser responsabilizado pela intermediação entre o consumidor e a Assistência Técnica na mesma comarca, visto que isto geraria maiores delongas na solução da questão. A intermediação da remessa quando a Assistência Técnica se encontra em outro município não foi abordada, cabendo a avaliação do caso concreto.

Na prática, a decisão representa um importante precedente para discussão judicial de questões consumeristas e em especial das multas aplicadas pelo Procon, que muitas vezes impõe multa pela mera não resolução do vício no prazo de 30 dias. Uma vez que o STJ formalizou o entendimento que apenas esgotado o prazo de 30 dias para a solução do vício pela Assistência Técnica é que se é possível permitir ao consumidor o exercício da faculdade de exigir a troca do produto, desfazimento do negócio ou abatimento do preço.

Tal precedente, embora não vinculante, poderá ser utilizado nas ações judiciais e procedimentos administrativos em trâmite perante o Poder Judiciário e os Procons. Além disso, pode servir de paradigma para a alteração da estrutura de atendimento pós-compra. Espera-se, também, que os Procons afinem seu entendimento, deixando de aplicar multas em casos nos quais o consumidor sequer exerceu seu direito de opção entre o desfazimento do negócio, troca do produto ou abatimento do preço.

Medidas atípicas na execução de quantia e o Contempt of Court: da efetividade e dos limites na sua aplicação

Ler artigo completo

Santos & Santana participa do 4° Simpósio Nacional de Varejo e Shopping

Ler artigo completo

Penhora de bem de família de fiador em contrato de locação comercial

Ler artigo completo

As soluções alternativas de conflito no âmbito do Direito do Consumidor

Ler artigo completo

STJ define que rol do agravo de instrumento (art.1.015 do CPC) tem taxatividade mitigada – Análise da decisão e suas implicações práticas na área empresarial

Ler artigo completo

Novas regras para sociedades limitadas

Ler artigo completo

EBook – Entraves à Exportação

Ler artigo completo

Bruna Siciliani é a nova head da área Trabalhista

Ler artigo completo

A revolução tecnológica e as relações de consumo

Ler artigo completo

Roberta Azeredo é a nova Head na área societária do Santos & Santana

Ler artigo completo

Sócio do S&S é convidado a integrar Conselho da Fecomércio SP

Ler artigo completo

Crise e oportunidades: o Brasil pode lucrar com as barreiras do aço e alumínio

Ler artigo completo

Sofia Rezende é a nova Head da área de Relações de Consumo do escritório

Ler artigo completo

Ganhos com exclusão do ICMS/Cofins reforça caixa das empresas

Ler artigo completo

A amenização do controle dos atos administrativos

Ler artigo completo

Corrupção e representatividade

Ler artigo completo

Legalização do desconto para compras à vista

Ler artigo completo

Limpeza de normas do comércio exterior

Ler artigo completo